AMPHIBIAWEB
Physalaemus jordanensis
Jordans Dwarf Frog, rãzinha
family: Leptodactylidae

  hear call (168.0K WAV file)

[call details here]
Conservation Status (definitions)
IUCN (Red List) Status Data Deficient (DD)
CITES No CITES Listing
Other International Status Data Deficient (DD).
National Status Data Deficient (DD)
Regional Status State of Minas Gerais Red List: Data Deficient (http://www.biodiversitas.org.br/listasmg/). State of Sao Paulo Red List: Near Threatened

   

 

View distribution map using BerkeleyMapper.

Descrição:
Physalaemus jordanensis é uma pequena rã (CRC 24 mm em machos) que pertence ao grupo de espécies P. gracilis (Nascimento et al. 2005). Seu corpo é alongado. Cabeça estreita, focinho pontudo e arredondado. Tímpano não bem definido. Dentes vomerinos ausentes, dentes maxilares presentes. Saco vocal bem desenvolvido. Membros anteriores curtos. Coloração dorsalcastanha com linha vertebral amarela. Há também uma glândula inguinal preta. Ventre com densa pigmentção preta (Bokermann 1967). O girino foi descrito recentemente por Gomes et al. (2010). O corpo é ovóide e globoso. Focinho arredondado. Origem da nadadeira dorsal na junção corpo-cauda. Disco oral ântero-ventral, com uma única fileira de papilas marginais. O LTRF 2(2)/3(1). A descrição detalhada da morfologia bucofaríngea de girinos está disponível em Gomes et al. (2010). O canto de anúncio é pulsada, duração das chamadas 1,4 - 1,6 seg (Bokermann 1967).

Distribuição, Altitude, Habitat:
P. jordanensis vive em brejos em áreas abertas ao longo da Serra da Mantiqueira no sudeste do Brasil. Assim como outros membros do grupo de P. gracilis, P. jordanensis está restrito a áreas de alta elevação. Esta espécie é conhecida da localidade-tipo em Campos do Jordão (1628 m de altitude), Estado de São Paulo, além de Poços de Caldas (1.196 m de altitude) e Airuoca (1.800 m de altitude) no sul do Estado de Minas Gerais, todas no sudeste do Brasil.

História de Vida, Abundância, Atividade e Comportamentos Especiais:
A atividade de vocalização ocorre durante a noite na época chuvosa, entre novembro e março (Tolledo et al. 2009), em brejos e áreas alagadas ou em áreas abertas perto de florestas secundárias (Tolledo et al. 2009), onde P. jordanensis constrói um ninho de espuma. Os girinos são encontrados em poças temporárias em áreas abertas (Gomes et al. 2010). Mais informações são necessárias sobre sua história natural e exigências do habitat.

Tendências e Ameaças:
A espécie é localmente abundante e sua ditribuição geográfica está dentro de áreas protegidas, como o Parque Estadual de Campos do Jordão, em Estado de São Paulo e no Parque Estadual da Serra do Papagaio, no Estado de Minas Gerais.

Observações:
Um mapa de distribuição e uma foto de um macho adulto podem ser encontrados em Tolledo et al. (2009).

Referências:
A lista de literatura citada encontra-se no fim do resumo em inglês.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Escrito por: Diogo Borges Provete, Departamento de Zoologia e Botânica, Universidade Estadual Paulista-SP (UNESP), Brasil, 2008-11-29
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Feedback or comments about this page.

 

Citation: AmphibiaWeb. 2019. <http://amphibiaweb.org> University of California, Berkeley, CA, USA. Accessed 18 Nov 2019.

AmphibiaWeb's policy on data use.