AmphibiaWeb - Phrynobatrachus leveleve
AMPHIBIAWEB
Phrynobatrachus leveleve Uyeda, Drewes & Zimkus, 2007
family: Phrynobatrachidae
genus: Phrynobatrachus
Species Description: Uyeda JC, Drewes RC, Zimkus BM 2007 The California Academy Sciences Gulf of Guinea Expeditions (2001, 2006) VI. A new species of Phrynobatrachus from the Gulf of Guinea Islands and a reanalysis of Phrynobatrachus dispar and P. feae (Anura: Phrynobatrachidae). Proc. Calif Acad Sci 4 ser 58:367-385

© 2003 Robert C. Drewes (1 of 3)
Conservation Status (definitions)
IUCN Red List Status Account Least Concern (LC)
CITES No CITES Listing
National Status None
Regional Status None

   

 

View distribution map in BerkeleyMapper.
View Bd and Bsal data (1 records).

As ilhas oceânicas de São Tomé e Príncipe no Golfo de Guiné da Africa, abrigam um número significativo de anfibios endêmicos. Duas espécies de rãs que vivem em poças d’água (Phrynobatrachus) foram descritas nestas ilhas: Phrynobatrachus dispar (Peters, 1870) e P. feae (Boulenger, 1906). A validade de que P. feae é um taxon distinto de P. dispar esteve em dúvida e, em um trabalho recente, as duas espécies foram consideradas a mesma. No entanto, um detalhe na análise nunca foi executado. Nós examinamos 175 espécimes de Phrynobatrachus coletados nas duas ilhas, incluindo os dois syntypes de P. feae, durante as expedições da California Academy of Sciences no Golfo da Guiné, em 2001 e 2006. Diferenças morfológicas externas e osteológicas foram observadas entre os espécimes de ilhas diferentes. Além disso, a análise da probabilidade máxima das seqüências do citocromo b revelaram uma média alta de divergência inter-ilha de 21%, enquanto as distâncias intra-ilha foi ao redor de 1%. Tal nível de divergência indica uma separação muito antiga, possivelmente prédatando a formação de São Tomé. As seqüências de ADN mitocondrial do rRNA 12S, tRNA-valina, e genes rRNA 16S confirmam esta divergência e indica que o clade P. dispar é proveniente do clade africano do leste de Phrynobatrachus, e não da espécie Africana do oeste. Considerando que as duas espécies já nomeadas estão localizadas na Ilha de Príncipe, as espécies endêmicas a São Tomé não estão devidamente representadas. Sendo assim, nós descrevemos uma espécie nova de Phrynobatrachus, aumentando o número total de espécies endêmicas de anfibios no Golfo das Ilhas de Guiné de seis para sete.



Feedback or comments about this page.

 

Citation: AmphibiaWeb. 2022. <https://amphibiaweb.org> University of California, Berkeley, CA, USA. Accessed 30 Sep 2022.

AmphibiaWeb's policy on data use.